Duas Histórias de que o Diabo Gosta

Exibição:
22/12/1990 – 29/12/1990 (RTP 1)

Número de episódios:
02

Histórias de:
Raul Solnado

Escritas por:
Doc Comparato

Produção executiva:
Walter Arruda

Realização:
Wellington Amaral Jr.
Régis Cardoso

Produção:
Douro
Telecine

1. O assalto (22/12/1990)
Um “profissional” da ladroagem e um chefe de família eternamente “teso”, unidos por laços de amizade, resolvem assaltar um supermercado. Durante o assalto, dois cúmplices são mortos pelo ladrão com mais experiência no ativo. Apavorado com a situação, o chefe de família chega a casa e não descansa enquanto não conta tudo à mulher. Uma confissão que acabará por se revelar fatal para o futuro do bom ladrão.

Elenco:
Vítor Norte – Alfredo
Filomena Gonçalves – Isabel
José Wilker – Nuno
Catarina Avelar – Inês
Rui Mendes – Amadeu
Pedro Efe
Paulo Felipe Monteiro
José Vasques
Judite Jourdan

Música:
Paul Monsey

Realização:
Wellington Amaral Jr.

2. A filha (29/12/1990)
Um velho oficial do exército, um homem solitário, é contactado por uma jovem que diz ser sua filha, fruto de uma relação que teve há muitos anos, e que quer conhecê-lo. Depois do encontro entre os dois, desenrola-se um estranho mistério, com base no facto da jovem apenas ter querido ver o oficial uma vez.

Elenco:
Varela Silva – Jaime da Conceição Fernandes
Armando Cortez – Hipólito
Ana Padrão – Ângela
Simone de Oliveira – Dália Monteiro
António Marques – Augusto Sousa Varela
Teresa Corte Real
Mário Serrar
Manuela Cassola

Música:
Manuel Cardoso

Realização:
Régis Cardoso

Inicialmente concebida para uma série de título Histórias de que o Diabo Gosta, com 13 histórias surpreendentes e de final imprevisto, este projeto acabou reduzido a apenas dois episódios, exibidos nos dois últimos sábados de 1990.

No primeiro episódio, há a destacar a participação do ator brasileiro José Wilker.

A equipa de criação era, aliás, composta por profissionais brasileiros: Walter Arruda (produtor), Doc Comparato (guionista), Wellington Amaral Jr. e Régis Cardoso (realizadores).

Cada história foi rodada em 5 dias e, apenas, com uma câmara.

No segundo episódio, as cenas do encontro entre Jaime (Varela Silva) e Ângela (Ana Padrão) foram gravadas na Estalagem Muchaxo, na Praia do Guincho.

Partilhar:

Duas Histórias de que o Diabo Gosta