Era Uma Vez…

Exibição:
14/10/1987 – 30/12/1987 (RTP 1)

Número de episódios:
11

Autoria e apresentação:
Lourdes Norberto

Textos:
Noémia Rocha

Letras das canções:
Maria Alberta Menéres

Produção:
José Manuel Rodrigues

Realização:
Jorge Valsassina Galveias

Produzido para a RTP por:
Telecine

Era Uma Vez… é um programa em que, em episódios de curta duração – cerca de 10 minutos – se contam histórias tradicionais para crianças.

A narração, intercalada com pequenas interpretações teatrais e musicais, está a cargo de Lourdes Norberto.

A representação é entregue a crianças da Escola de Teatro do Centro Cultural de Benfica.

Já as canções são assinadas por nomes sonantes da música ligeira, que musicaram as letras escritas por Maria Alberta Menéres.

Rui Veloso no episódio Os Dez Anõezinhos da Tia Verde Água

1. O Capuchinho Vermelho (14/10/1987)

Convidado:
Jorge Fernando


2. O Coelhinho Branco (21/10/1987)

Convidado:
Carlos Alberto Moniz


3. O Pinto Borrachudo (04/11/1987)

Convidado:
Tó Sequeira


4. O Gato das Botas (11/11/1987)

Convidado:
Carlos Paião


5. A Caixeirinha (18/11/1987)

Convidado:
Dina


6. O Caldo de Pedra (25/11/1987)

Convidado:
Carlos Alberto Vidal


7. O Sabor dos Sabores (02/12/1987)

Convidado:
Paco Bandeira


8. Os Dez Anõezinhos da Tia Verde Água (09/12/1987)

Convidado:
Rui Veloso


9. A Bela Adormecida (16/12/1987)

Convidado:
Tozé Brito


10. Os Três Ursinhos (23/12/1987)

Convidado:
Raul Indipwo


11. A Branca de Neve (30/12/1987)

Convidado:
Ana Faria

Era Uma Vez… teve a assinatura de Lourdes Norberto, que na época ministrava aulas de teatro para crianças no Centro Cultural de Benfica.

O projeto surgiu precisamente no exercício dessa atividade: “Maria Alberta Menéres telefonou-me a perguntar se eu teria algum trabalho preparado para propor à televisão, de modo a preencher um espaço semanal, de caráter infantil. O tempo de decisão era curto e decidi-me por este Era Uma Vez…, com 14 alunos meus e que é, afinal, um repositório de histórias de valor universal contadas com uma dramaturgia adequada (feita por Noémia Rocha), em televisão.”

Assim, coube aos alunos de Lourdes Norberto assegurar a representação teatral destas histórias.

Entretanto, embora com algumas limitações a nível de produção, a atriz mostrou-se bastante satisfeita com o resultado: “Um excelente trabalho, agradável, alegre… Podia ser melhor em resultado final mas… Temos de ter em conta muitas dificuldades (…) o que não invalida que, no seu todo, pelos episódios que já vi completos, seja um espetáculo bonito.”

Um dos improvisos relatados pela atriz teve a ver com o episódio O Coelhinho Branco: “Havia uma história cujo personagem central era um coelhinho branco. Pois bem, na ausência de um fato de coelho branco, a garota (aliás excelente) que interpretava o papel teve de passar sem ele.”

O "coelhinho branco"

Carlos Alberto Moniz compôs e interpretou a música do genérico, no qual aparecia acompanhado pelas suas filhas, Lúcia Moniz e Sara Moniz, além dos jovens atores do elenco.

Foi lançado um single contendo esta música, bem como o tema do episódio O Coelhinho Branco, também da autoria do cantor.

Fugindo à regra dos restantes músicos convidados, que se faziam acompanhar pela viola, Carlos Paião utilizou um sintetizador.

Ana Faria cantou em conjunto com o seu filho, João Faria Gomes, o mais velho dos Queijinhos Frescos.

Era Uma Vez… foi exibido às quartas-feiras, no Brinca Brincando.

O programa teve duas reposições: a primeira, entre 1988 e 1989, aos fins-de-semana; e a segunda, em 1990, novamente à semana.

Partilhar:

Era Uma Vez…