Joaninha

Título original:
レディジョージィ
Lady Georgie (Japão)

Exibição:
25/03/1991 – 03/02/1992 (RTP 2)

Número de episódios:
45

Produção:
Tokyo Movie Shinsha Co., Ltd. (1983)

Versão portuguesa

Tradução:
Emília Silvestre

Som:
Sérgio Figueiredo

Vozes:
Clara Nogueira – Sr.ª Botelho
João Cardoso – Tio Castro
Jorge Mota – Sr. Botelho / Artur (adulto)
Maria João Vicente – Artur (jovem)
Paula Seabra – Abel (jovem)
Rosa Quiroga – Berta / Jessica / Elisa
Rui Oliveira – Abel (adulto) / Duque Dangering
Zélia Santos – Joaninha

Direção (interpretação):
Jorge Mota

Canção de genérico:
José Prata

Austrália, século XIX. Numa noite de forte tempestade, o camponês Sr. Botelho encontra, no bosque, uma mulher às portas da morte que tem consigo uma bebé. Contra a vontade da sua mulher, Deolinda, ele decide criar a pequena Joaninha juntamente com os seus filhos, Abel e Artur, sem lhe revelar o segredo que envolve a sua origem. Apenas a bracelete de ouro que foi deixada consigo pode levar Joaninha a descobrir a sua verdadeira identidade.

A família Botelho

O desafeto que Deolinda devota a Joaninha é agravado quando o seu marido perde a vida num acidente, cuja culpa atribui à menina. Ao crescer, Joaninha torna-se uma bela moça e desperta o amor dos seus irmãos adotivos. A situação não passa despercebida aos olhos de Deolinda, que trata imediatamente de os colocar em quartos separados.

Mas será Luís Vaz, neto do Governador de Sydney, o grande amor da vida de Joaninha. Ao tomar conhecimento desta relação e culpando Joaninha pela infelicidade de Abel, Deolinda revela a Joaninha que ela é filha de um desterrado e expulsa-a de casa.

Joaninha resolve partir à descoberta das suas verdadeiras origens e viaja para Londres, onde reencontrará Luís, que também deixou a Austrália, mas que, no entanto, se encontra noivo de Elisa. Abel e Artur vão, separadamente, no encalço da amada, e encontrarão no mundo aristocrático da capital britânica uma perigosa teia de intrigas…

Joaninha
Ainda bebé, foi adotada pela família Botelho, com quem vive nos prados australianos. Alegre e enérgica, adora brincar com os irmãos. Vive uma infância feliz, mas a adolescência trar-lhe-á alguns dissabores.

Abel
Irmão mais velho de Joaninha, por quem é apaixonado. É ciumento e impulsivo.

Artur
O outro irmão de Joaninha. É um ano mais novo que Abel e bastante mais ponderado que o irmão.

Sr. Botelho
Pai adotivo de Joaninha. Dá-lhe afeto como se de uma verdadeira filha se tratasse. Morre após sofrer um acidente ao tentar salvá-la.

Deolinda Botelho
Ao contrário do marido, não consegue esconder uma certa rejeição por Joaninha, sentimento que se agrava com a morte do marido e com o interesse dos filhos pela rapariga.

Tio Castro
Amigo e vizinho dos Botelho.

Júnior
Cão do Tio Castro. É preguiçoso e, geralmente, só atende quando Joaninha o chama pelo nome de D. Guilherme Amadim Júnior.

Lupe
Koala bebé que Joaninha adota como animal de estimação.

Sr.ª Pontes
Dona da mercearia onde a Sr.ª Botelho faz as compras.

Sr. Delfim
Artista itinerante que é acolhido pela família Botelho.

Irmã Marta
Freira responsável pela catequese na paróquia de uma aldeia próxima.

Pablo Rodrigues
Pintor de Sidney. Hospeda-se por uns dias na casa dos Botelho.

Berta Cintra
Menina rica e mimada. Apaixona-se perdidamente por Abel e tenta afastá-lo de Joaninha.

D. Bárbara
Modista que tenta adotar Joaninha.

Jessica
Rapariga que Abel conhece antes de partir para o mar.

Luís Júnior Paz
Neto do governador de Sydney. É o grande amor da vida de Joaninha.

Elisa
Ambiciona tornar-se noiva de Luís. Por este motivo, odeia Joaninha; faz de tudo para afastá-la de Luís e denegrir a sua imagem.

Duque Dangering
Tio de Elisa. É um homem muito influente e perigoso.

Maria
Filha do Duque Dangering.

Caim
Apresentado como filho adotivo do Duque Dangering e noivo de Maria. É, no entanto, fisicamente idêntico a Artur.

Eduardo
Filho do Duque Dangering. Denota uma certa obsessão por Caim.

Catarina
Jovem que se apaixona por Joaninha, pensando tratar-se de um rapaz. É muito romântica e sonhadora.

Visconde Barros
Pai de Catarina. Acolhe Joaninha na sua casa, em Londres, grato pelo facto de ela ter salvado a vida da sua filha. É intermediário no pedido de casamento de Luís e Elisa.

Sr.ª Barros
Mãe de Catarina. É romântica como a filha.

Júlia
Amiga de Abel em Londres.

Ema e Dino
Casal que Joaninha conhece em Londres, durante o casamento de ambos, e que a hospedam por uns tempos.

Ricardo Offley
Verdadeiro pai de Joaninha. Foi condenado ao exílio por suspeita de tentativa de assassinar a Rainha.

Wilson
Amigo de Ricardo Offley, esconde-o em sua casa durante uns tempos.

Sofia Offley
Mãe de Joaninha.

Dr. Queirós
Irmão de Ricardo Offley. Aparece na Austrália à procura de Joaninha e acaba por cruzar-se com ela na viagem para Londres. É médico de profissão.

1. O segredo da bracelete

Certo dia, enquanto brinca com os irmãos, Joaninha perde a bracelete que traz sempre consigo. Quando o pai chega de viagem e se apercebe do sucedido, ralha com a filha e manda-a procurar a bracelete, pois esta representa a única possibilidade de Joaninha encontrar a sua verdadeira família.


2. A promessa do papá
Joaninha e os irmãos planeiam a construção de uma casa na árvore, mas a Sra. Botelho opõe-se à ideia quando os ouve comentar que Joaninha será a “mãe” e um dos irmãos o “pai”. Em alternativa, o Sr. Botelho, com o aval da esposa, promete construir uma plataforma de observação.


3. A Ilha Lagarto
Abel, Artur e Joaninha fazem um passeio com o pai até à Ilha Lagarto. Lupe assusta-se com um papa-formigas e refugia-se no cimo de uma árvore. Quando sobe para o resgatar, Joaninha cai dentro da canoa e esta é levada pela corrente. Ao tentar salvar a filha, o Sr. Botelho fere-se com gravidade.


4. Não morras, papá
O Sr. Botelho está bastante debilitado. Abel foi chamar o médico, mas este só pode vir no dia seguinte. O Tio Castro tranquiliza a família, assegurando que a ferida está a sarar. Contudo, quando o médico o examina, diagnostica um grave problema no estômago. Desesperada, Deolinda culpa Joaninha e Lupe pelo sucedido.


5. A quinta vai ser vendida?
Joaninha continua triste com a morte do pai e a sua relação com a mãe deteriora-se de dia para dia. Chega à quinta um senhor interessado em comprá-la, e Joaninha, juntamente com os irmãos, tenta dissuadir a mãe de fazê-lo. Para provar que são capazes de auxiliar no trabalho da quinta, ajudam uma ovelha a dar à luz.


6. Sonhos de criança
Na gruta onde costumam brincar, Joaninha, Abel e Artur encontram o Sr. Delfim, um artista itinerante que se perdeu enquanto procurava uma mina de ouro. O convívio com esta divertida figura faz os três irmãos pensarem naquilo que desejam ser quando crescerem.


7. O roubo da bracelete
Com vista a regressar a Londres e realizar o seu desejo de se tornar ator, o Sr. Delfim começa a trabalhar numa mina. O trabalho exige um esforço físico para o qual não está preparado. Ao descobrir que a bracelete de Joaninha pode valer muito dinheiro, não resiste à tentação e rouba-a, para com ela pagar a viagem.


8. Os rapazes da aldeia
Joaninha conhece a Irmã Marta, que será responsável pela catequese numa aldeia próxima. Inicialmente reticente, a Sra. Botelho deixa Joaninha ir até às aulas. É lá que um grupo de rapazes provoca Joaninha, despertando a fúria de Abel, que luta violentamente com um deles.


9. O outro Abel
Joaninha, Abel e Artur vão às aulas de catequese dadas pela Irmã Marta. Joaninha descobre uma outra faceta do seu irmão Abel, quando este, gozado pelos outros rapazes da aldeia pela forma como se comporta com Joaninha, começa a maltratá-la.


10. Feliz aniversário, mamã
Joaninha, Abel e Artur decidem organizar uma festa de aniversário para a Sra. Botelho. Ao descobrir que Abel e Artur estão a confecionar presentes às escondidas, a mãe pensa que são presentes para Joaninha, o que a deixa irritada. Mas quando chega a casa, à noite, vê que se tratou de um mal-entendido.


11. Uma visita inesperada
Pablo Rodrigues, um pintor de Sydney, amigo do Tio Castro, vem almoçar a casa dos Botelho. De imediato, encanta-se com Joaninha e percebe que ela é fisicamente muito diferente dos restantes membros da família. Abel e Artur sentem ciúmes do pintor, e a Sra. Botelho toma consciência do perigo que Joaninha representa para os filhos…


12. A tempestade
Por imposição de Deolinda, Joaninha muda-se para um novo quarto, sem comunicação com o de Abel e Artur. Abel percebe as intenções da mãe e não disfarça o seu desagrado. Joaninha, por sua vez, mostra-se entusiasmada com a nova experiência, mas, logo na primeira noite, o medo de uma forte tempestade não a deixa dormir.


13. Os ciúmes de Abel
Durante uma aula na escola da Irmã Marta, Abel sente ciúmes da atenção que Joaninha recebe de Jorge e agride-o. Vítor, o irmão de Jorge, desafia Abel para uma luta. Ao tomar conhecimento do sucedido, a Sra. Botelho age agressivamente com Joaninha, que desata a chorar.


14. Os lobos
Abel ambiciona tornar-se marinheiro, mas Deolinda não vê com bons olhos essa ideia, devido aos perigos que a vida no mar representa. Durante a noite, a quinta é atacada por lobos e, para os combater, a ajuda de Abel é fulcral. Desta forma, ele constata que, sozinho, Artur terá dificuldade em tomar conta da quinta.


15. A temperamental Berta
Passaram-se dois anos. Joaninha acompanha Abel e Artur durante um passeio à capital. Abel socorre Berta, uma jovem rica que está em apuros com o seu cavalo. Berta apaixona-se por Abel, que não lhe é totalmente indiferente, e embirra com Joaninha, ao perceber a veneração do rapaz pela irmã…


16. A festa de aniversário
Berta convida Abel, Artur e Joaninha para a sua festa de aniversário em Sydney. As suas intenções, porém, não são as mais honestas: prepara tudo para que Joaninha seja ridicularizada na frente dos convidados e exige que Abel a mande embora. Contudo, o seu plano sai gorado: Abel sai em defesa de Joaninha…


17. A noiva do Lupe
Abel está prestes a declarar-se a Joaninha e pretende revelar-lhe que não são irmãos, mas Artur consegue impedi-lo a tempo. Numa discussão com o irmão, também Artur assume que está apaixonado por Joaninha, mas que é preferível manter tudo como está, uma vez que ela é feliz enquanto irmã deles.


18. O cavalheiro misterioso
O Dr. Queirós procura uma pessoa com as características de Joaninha: uma menina com 13 anos, cabelos loiros e olhos azuis, possivelmente com uma bracelete em ouro. Chega a cruzar-se com Joaninha, mas pensa que se trata de um rapaz. Quando questiona Abel e Artur, estes hesitam em dizer-lhe a verdade…


19. Joaninha costureira
Joaninha conhece D. Bárbara, uma costureira de Sydney, que propõe a Deolinda adotar Joaninha e levá-la consigo para a capital. Deolinda considera que é a grande oportunidade para afastar Joaninha dos seus irmãos. Abel e Artur ficam chocados com a ideia, mas tentam disfarçar aquilo que sentem.


20. A partida de Abel
Abel está a ponto de não conseguir disfarçar o seu amor por Joaninha. Em Sydney, ele conhece Jessica, filha de um capitão do mar, e decide finalmente seguir o seu sonho de se tornar marinheiro, pois é a única forma que tem de se afastar de Joaninha. Inicialmente contra, Deolinda acaba por ser convencida pelo Tio Castro a aceitar a decisão de Abel.


21. Azul cor do céu
Depois de ter passado um ano fora de casa, Abel ainda não conseguiu deixar de pensar em Joaninha, e toma a decisão de regressar à Austrália. A Sra. Botelho preocupa-se por pensar que Joaninha é a responsável pelo regresso do filho, mas o Tio Castro tenta fazê-la ver que nada pode fazer para separar os dois. Durante um passeio a cavalo, Joaninha conhece um simpático jovem de olhos azuis…


22. O regresso de Abel
Abel está de regresso a casa e Joaninha vai esperá-lo ao porto. Incumbido pela mãe de ir vender peles, Artur inquieta-se por ter de deixar Joaninha sozinha com o irmão. Abel recusa a companhia de Jessica para ir com Joaninha. Artur não aguenta esperar e vem-se embora sem receber o dinheiro das peles. Quando se vê a sós com o irmão, fá-lo prometer que manterá em segredo o seu amor por Joaninha.


23. O caminho-de-ferro
1856. É o dia da inauguração do caminho-de-ferro e a família Botelho desloca-se para assistir ao evento. Joaninha descobre que o misterioso rapaz loiro que conheceu no prado é Luís Júnior Paz, neto do Capitão Paz, futuro governador de Sidney, mas fica dececionada quando o vê acompanhado da bela Elisa, uma princesa que supostamente é sua noiva.


24. O primeiro beijo
Joaninha decide participar num concurso de boomerang, para oferecer o prémio ao Tio Castro, que está doente. Como o concurso é só para homens, Joaninha disfarça-se de rapaz. Joaninha acaba por vencer e, acidentalmente, revela a sua verdadeira identidade. Como felicitação, Luís dá-lhe um beijo, provocando a fúria de Abel.


25. O segredo revelado
A Sra. Botelho não quer que os filhos vão ao baile organizado pelo governador Vaz. Abel presencia um encontro entre Luís e Joaninha e decide declarar-lhe o seu amor. Artur opõe-se à ideia e os dois irmãos brigam violentamente. Desesperada com a ideia de Abel pretender casar-se com Joaninha, Deolinda revela aos filhos que ela é filha de um desterrado.


26. Noite de paixão
Abel está confuso com a revelação feita por Deolinda e, tentando esquecer Joaninha, procura Jessica. Quanto a Joaninha, esta recebe a visita de Luís durante uma noite de tempestade e leva-o para a gruta, onde este lhe revela os seus sentimentos e promete casar-se com ela. Deolinda reprova o comportamento de Joaninha e decide expulsá-la de casa.


27. A angústia de Joaninha
Deolinda não contém a sua fúria e expulsa Joaninha de casa, para além de lhe revelar a verdade sobre a sua origem. Artur revolta-se contra a mãe. Sem rumo, Joaninha cai ao rio e quase se deixa afogar, mas é salva por Artur, que a leva para casa do Tio Castro. Abel regressa a casa e, quando fica a par do sucedido, sai à procura de Joaninha.


28. Cruel dilema
Depois de quase se ter afogado, Joaninha recupera-se em casa do Tio Castro, na companhia de Abel e Artur. A pedido de Joaninha, o Tio Castro revela-lhe tudo sobre os acontecimentos que levaram à sua adoção pela família Botelho. Num momento em que fica a sós com Joaninha, Abel ganha coragem e declara-lhe finalmente o seu amor…


29. A decisão de Joaninha
Joaninha decide partir para Inglaterra. Como não tem dinheiro para a viagem, disfarça-se de rapaz e procura trabalho como marinheiro a bordo de um navio. Jessica cruza-se com Joaninha e, pensando que se trata de um rapaz, convida-a para beber um copo. Entretanto, Abel e Artur tomam conhecimento da decisão de Joaninha e, desesperados, correm para o porto.


30. A morte da mamã
O barco onde Joaninha está parte para Inglaterra. Abel e Artur chegam ao porto ainda a tempo de ver a embarcação, mas já nada podem fazer para deter Joaninha. Abel decide ir atrás de Joaninha noutro barco. Artur fica na Austrália, mas testemunha um triste acontecimento: a morte de Deolinda. A bordo do navio, Joaninha reencontra Catarina, a menina que a considerara o seu “príncipe”.


31. A caminho de Inglaterra
Joaninha prossegue com a sua viagem de barco para Inglaterra. Também Abel está a caminho, noutro barco. Catarina, a menina que se apaixonara por João (Joaninha) cai ao mar numa zona de tubarões. Enchendo-se de coragem, Joaninha atira-se à água para tentar salvá-la. Ferida, Joaninha recebe uma recompensa: o seu posto passa a ser o de camareiro.


32. Os três navios
João (Joaninha) torna-se camareiro, mas a sua rotina de servir os aristocratas não é fácil. Costa pensa que João sabe ser ele o ladrão de jóias, e planeia livrar-se dele. O Dr. Queirós pressiona Joaninha para saber informações acerca da bracelete, mas ela mantém-se de boca fechada. Nas respetivas embarcações, Luís e Abel rumam também a Inglaterra.


33. A terrível armadilha 
Joaninha volta a dizer ao Dr. Queirós que não sabe nada acerca da bracelete. Ao chegar a Londres, Luís desmaia. Costa oferece a Joaninha um chá envenenado, mas quem acaba por tomá-lo é o Dr. Queirós, que não resiste e morre. Costa tenta incriminar Joaninha e, no meio da confusão, a sua verdadeira identidade vem finalmente ao de cima.


34. O reencontro
Chegada a Londres, Joaninha é convidada por Catarina e pelo seu pai para se hospedar na residência deles. Em conversa com os Barros, Joaninha rapidamente descobre onde Luís vive. Catarina e a sua mãe ajudam Joaninha a preparar um vestido para o seu encontro com Luís. Joaninha vai até à residência dos Paz, e finalmente reencontra o seu amado.


35. Sonhos e lágrimas
Abel chega a Londres, desejoso de encontrar Joaninha. Luís promete a Joaninha que vai falar com a avó sobre ela e desmanchar o compromisso com Elisa, mas perde a coragem quando a avó lhe conta que Elisa a defendeu numa festa em que tentaram expulsá-la. Joaninha, escondida, ouve toda a conversa e presencia o momento em que Elisa beija Luís.


36. As confissões
Abel descobre onde Joaninha se encontra e corre até lá. Joaninha fica feliz com o reencontro, mas ao mesmo tempo inquieta por ter de dizer a Abel que ama outro homem. Elisa, acompanhada pelo tio, vai a casa dos Barros e surpreende-se quando encontra Joaninha. Elisa não perde tempo e faz Joaninha saber que, dentro de um mês, estará casada com Luís.


37. O julgamento de Abel
Abel tenta convencer Joaninha de que não será feliz com Luís. Luís chega e enfrenta o Duque Dangering, afirmando, na frente de Elisa, que não pretende casar-se com ela. E sai, levando Joaninha consigo. Para além desta afronta, o Duque Dangering fica apreensivo com a bracelete de Joaninha e, por outro lado, com a familiaridade do rosto de Abel.


38. As ameaças do duque
Joaninha e Luís prosseguem o seu passeio pela baixa de Londres. Joaninha fica maravilhada quando presencia a celebração do casamento dos simpáticos Dino e Ema, que a convidam a ela e a Luís para participar da festa. Abel é confundido com Caim e escapa por pouco de ser morto. Joaninha ouve os Barros comentarem acerca do inconveniente que a sua presença pode causar na casa deles.


39. O baile real
Para não causar problemas à família Barros, Joaninha decidiu abandonar a sua mansão. Dirige-se para a baixa londrina, onde pede abrigo a Dino e Ema, os recém-casados que conhecera nesse dia. Luís visita a sua amada na nova casa, mas o ambiente simples não lhe agrada particularmente. Enfrentando todas as convenções, Luís entra com Joaninha no Baile Real.


40. O medo
O Duque Dangering preparou uma armadilha para Luís: apresentou-o à Rainha Vitória, que o felicitou pelo noivado com Elisa. Esta tenta expulsar Joaninha do Baile Real, mas Caim defende-a. O Duque Dangering diz a Luís que, se não se casar com Elisa, ele e Joaninha serão perseguidos. Luís, então, chama Joaninha e os dois fogem dali rapidamente.


41. Joaninha vende a bracelete
Abel segue a carruagem onde julga ver Artur e descobre que este se encontra na casa do Duque Dangering, mas fica sem perceber o motivo. Joaninha e Luís fogem de Londres e vão viver para um lugar distante chamado Monte do Cisne. Para conseguir pagar a renda de um quarto pequeno e em más condições, Joaninha vende a sua bracelete por um valor muito abaixo do justo.


42. O sacrifício
Luís sente-se mal e o médico diz a Joaninha que ele corre o risco de ter apenas um mês de vida, a não ser que seja operado e vá viver para um lugar mais quente. Joaninha trabalha a um ritmo alucinante para conseguir dinheiro para a operação. Júlia avisa Abel que Caim vai sair para ir a uma festa de aniversário e ele tenta resgatar o irmão, mas falha novamente.


43. Adeus Luís
Para salvar Luís, Joaninha vê-se obrigada a levá-lo de volta para Londres e a deixá-lo na casa de Elisa, para que ele possa ter os cuidados de que necessita. Desamparada, Joaninha deambula pelas ruas de Londres até que reencontra Abel. Este conta-lhe que Artur é prisioneiro do Duque Dangering e os dois prometem juntar-se para libertar o irmão.


44. Papá
Joaninha lê num jornal a notícia do noivado de Luís e Elisa. Desesperado com a sua situação de clausura, Artur tenta pôr termo à vida. Abel e Joaninha descobriram que o irmão está preso e tentam libertá-lo, sem sucesso. Entretanto, ao regressarem a casa, cruzam-se com Ricardo Offley e Wilson, que estão em apuros…


45. O fim do pesadelo
Graças à cumplicidade de Maria, que ama verdadeiramente Caim, este consegue evadir-se da cela. Algum tempo depois, o Duque Dangering é preso pela Scotland Yard, por conspiração contra a Rainha. Por sua vez, Ricardo Offley é inocentado. No baile da reabilitação, Joaninha reencontra Luís e Elisa…

Joaninha (no original, Lady Georgie), baseia-se em Georgie!, uma manga escrita por Mann Izawa e ilustrada por Yumiko Igarashi, também conhecida pelos desenhos de Candy Candy.

Em Portugal, a série foi exibida às segundas-feiras, na RTP 2.

Algumas cenas mais ousadas sofreram cortes, como, por exemplo, a sequência em que Artur se deita sobre Joaninha, estando ambos nus. Os cortes foram muito ligeiros, apenas para abreviar um pouco a duração da cena.

A parte mais interessante do enredo acontece nos últimos episódios, quando a ação se transfere para Londres.

Destaque para o tema de abertura, baseado no original japonês, e que foi interpretado pela atriz Rosa Quiroga.

A partir do episódio 35, sem que haja uma passagem significativa de tempo, as vozes de Abel e Artur são modificadas, deixando de ser feitas por atrizes (Paula Seabra e Maria João Vicente, respetivamente) e passando a ser dos atores Rui Oliveira e Jorge Mota.

A Prisvídeo lançou alguns episódios em VHS.

Nesta altura, eram raras as cadernetas de cromos de séries animadas lançadas em Portugal. Em contrapartida, foi lançada, em Itália, uma caderneta da Panini.

A banda sonora original foi editada no Japão.

Partilhar:

Joaninha