Procura-se

Exibição:
03/07/1993 – 31/07/1993 (RTP 1)

Número de episódios:
05

História original:
Doc Comparato

Argumento:
Doc Comparato
José Fanha

Escrito por:
José Fanha

Música:
Paul Monsey

Produção executiva:
Walter Arruda
Paulo Trancoso

Supervisão geral:
Walter Arruda

Realização:
Suzana Amaral

Produção:
Máquina dos Sonhos

Elenco:
Virgílio Castelo – Jorge Tavares Ribeiro
Giulia Gam – Leonor Santos
Isabel de Castro – Matilde
Lídia Franco – Maria Alice
Marques d’Arede – António
Fernando Heitor – Carlos Henrique
Estrela Novais – Judite
João Grosso – Miguel
Luísa Barbosa – Hortense
Paulo Guarnieri – João Malagueta
João Perry – Guilherme
São José Lapa – Carla
Canto e Castro – Luís Gamão
Paulo Filipe – Joaquim
Vanda Pereira – Nanda
Paula Guedes – Mafalda
André Maia – Diogo
Carlos César – chefe de redação
José Fanha – Alberto (Cônsul)
Lara de Almeida Araújo
Lia Gama – Albertina
Zita Duarte – Joana Trigo Roxo
Rui Luís – Ambrósio
Alexandra Solnado – Rosa Maria
Luís Matta – David
Isabel Wolmar – tia de Nanda
Ilda Roquete
João Arouca – segurança
José Raposo – guarda
Luís Mascarenhas – médico de Matilde
Jorge Sequerra – empregado de balcão
Judite Jordan
Óscar Cruz
José Luís Peres
José Dumont – delegado
Fábio Junqueira – médico
Claudioney Penedo

O português Jorge Tavares Ribeiro (Virgílio Castelo) é encontrado, sem documentos e sem memória, numa praia do Rio de Janeiro, no Brasil. Depois de reencontrar a família em Portugal, procura reconstituir, com a ajuda da jornalista Leonor Santos (Giulia Gam), todos os acontecimentos que levaram ao seu desaparecimento. Mas a tarefa de desvendar o passado do clã Santos Mendes e a verdadeira identidade de Jorge vai revelar-se mais difícil do que inicialmente se supunha.

Jorge Tavares Ribeiro (Virgílio Castelo)
Engenheiro naval. Antes de perder a memória e aparecer misteriosamente no Brasil, era presidente dos Estaleiros Santos Mendes.

Leonor Santos (Giulia Gam)
Jornalista de origem brasileira, está há vários anos em Portugal e trabalha num jornal que pertence à família Santos Mendes. Encontra Jorge no Rio de Janeiro e interessa-se pelo seu caso.

Maria Alice (Lídia Franco)
Mulher de Jorge. O casamento de ambos estava já em crise aquando do seu desaparecimento.

Matilde (Isabel de Castro)
Mãe de Maria Alice, é a única que manifesta felicidade pelo regresso de Jorge.

António (Marques d’Arede)
Irmão mais velho de Maria Alice. Denota grande interesse no desaparecimento de Jorge.

Carlos Henrique (Fernando Heitor)
Outro irmão de Maria Alice. Tal como António, conspira contra Jorge.

Judite (Estrela Novais)
Mulher de Carlos Henrique. Aparenta ser ingénua e submissa.

João Malagueta (Paulo Guarnieri)
Cuidou de Jorge quando este apareceu no iate-clube onde trabalhava, no Brasil, e acompanha-o no seu regresso a Portugal.

Guilherme (João Perry)
Pintor, casado com Leonor. Sente ciúmes do interesse que ela manifesta por Jorge.

Miguel Castro Nunes (João Grosso)
Amante de Maria Alice, a quem começa a chantagear, com vista a tomar o poder nos estaleiros.

Carla (São José Lapa)
Mulher misteriosa, que se supõe estar ligada a uma trama contra Jorge.

Diogo (André Maia)
Filho de Carlos Henrique e Judite.

Sofia
Filha de Carlos Henrique e Judite.

Hortense (Luísa Barbosa)
Empregada dos Santos Mendes.

Nanda (Vanda Pereira)
Criada dos Santos Mendes. Apaixona-se por João.

Joaquim (Paulo Filipe)
Motorista dos Santos Mendes. Esteve já envolvido com Nanda.

Luís Gamão (Canto e Castro)
Médico amigo da família Santos Mendes. Ajuda Jorge na sua recuperação.

Mafalda Stefanini (Paula Guedes)
Era amante de Jorge antes do seu desaparecimento.

1. (03/07/1993)
Jorge aparece no alto de um penhasco, numa praia do Rio de Janeiro, em estado de amnésia total. Não reage, não se lembra de nada. Leonor descobre que se trata de um empresário que desapareceu de Lisboa há cerca de dois anos e meio. Um pouco contrariado, Jorge regressa a Portugal e tem de enfrentar a sua vida antiga, da qual nada recorda.


2. (10/07/1993)
O paradeiro de Jorge é descoberto e a família leva-o de volta para casa, onde passará a ser tratado pelo Dr. Luís Gamão, o médico da família. Enquanto António e Carlos Henrique discutem a respeito do atraso em certos embarques, Maria Alice é pressionada por Miguel Nunes, seu amante, para obter documentos que comprometam os irmãos. Entretanto, o atelier de Guilherme é assaltado e o material sobre Jorge desaparece.


3. (17/07/1993)
Jorge sente-se horrorizado com as histórias que Maria Alice lhe conta sobre si próprio. Por outro lado, Leonor vai aprofundando as investigações sobre os estaleiros e fala com uma funcionária da empresa, que lhe pede dinheiro para revelar factos relacionados com os “negócios escuros” da família Santos Mendes. Leonor combina um encontro com a informadora junto da Torre de Belém, mas ao chegar ao local descobre-a assassinada…


4. (24/07/1993)
Depois de tomar o chá de ervas que a curandeira lhe deu, Jorge entra em transe e recupera subitamente a memória. Conta que, antes do desaparecimento soubera que António e Carlos Henrique faziam contrabando de armas com os navios da empresa e ameaçara denunciá-los. Os dois irmãos haviam-no convencido, então, a visitar um dos navios, o “Tejo”, mas tudo não passava de uma cilada e, ao fugir, Jorge caíra à água e, com o esforço para não se afogar, perdera a memória. Jorge e Maria Alice regressam a Lisboa, porque ele quer ajustar contas com os cunhados…


5. (31/07/1993)
Jorge é recolhido por um barco de pesca e Leonor consegue contactar a Polícia Marítima e saber em que cais vão desembarcá-lo. No hospital, os médicos avisam a família de que o estado de D. Matilde, que entretanto fora internada, é muito grave. Judite, que a acompanha no quarto do hospital, revela-lhe como conseguiu manipular toda a família Mendes.

Procura-se reuniu técnicos e atores de Portugal e do Brasil, tendo as gravações decorrido em ambos os países.

A série teve a chancela da Máquina dos Sonhos, produtora independente gerida por Walter Arruda, produtor e publicitário brasileiro. É curioso assinalar que, ao referir-se a esta produtora, a imprensa usou outras designações, nomeadamente “VideoArte” e “Casa do Filme”.

A realização esteve a cargo da conceituada cineasta brasileira Suzana Amaral.

Suzana Amaral

Do elenco fixo, fizeram parte dois atores de além-mar: Giulia Gam e Paulo Guarnieri.

Giulia Gam
Paulo Guarnieri

José Fanha, responsável pelos diálogos, teve também uma participação como ator, no papel de Cônsul de Portugal no Rio de Janeiro.

José Fanha

Outras participações curiosas foram as da cantora Wanda Stuart (creditada como Vanda Pereira) e da apresentadora Isabel Wolmar.

Vanda Pereira
Isabel Wolmar

O tema de abertura foi especialmente composto e interpretado por Chico Buarque.

A casa que serviu de cenário à mansão da família Santos Mendes é a mesma que, na telenovela A Banqueira do Povo – também produzida pela Máquina dos Sonhos – funcionava como a residência de Gonçalves (João d’Ávila) e Leonor (São José Lapa).

As gravações arrancaram no início de 1992. Com estreia prevista para a rentrée de setembro, a série ficou “engavetada” até julho do ano seguinte.

A verdade é que, apesar da produção considerada milionária, o resultado ficou aquém do esperado, não merecendo grande destaque.

Partilhar:

Procura-se