Quadrados e Quadradinhos

Exibição:
08/03/1980 – 28/06/1980 (RTP 1)

Número de sessões:
16

Apresentação:
Joel Branco
Amélia Videira

Colaboração:
Jorge Machado
Luís Pedro Fonseca
Armindo
Zé da Ponte
Falé
Eugénia Melo e Castro
Elsa Bruxelas
Trovante

Colaboração literária:
Maria Alberta Menéres

Produção:
Maria do Sameiro Souto

Realização:
Maria de Lourdes Carvalho

Quadrados e Quadradinhos propõe-se proporcionar momentos de entretenimento dedicados à camada juvenil. Participam jovens dos 13 aos 15 anos, oriundos de vários liceus e escolas secundárias.

A apresentação é feita, em tom descontraído, por Joel Branco e Amélia Videira.

Na plateia, estão dezenas de alunos que compõem as claques de duas escolas.

O programa abre com um desafio de palavras cruzadas: os concorrentes (dois elementos de cada escola) recebem um papel com o problema, que terão de resolver no respetivo painel.

Os “quadradinhos” das palavras cruzadas são apenas o pontapé de saída, já que a maior parte do programa é preenchida com outras rubricas.

A principal delas é “Na Berlinda”, em que um convidado procura criar uma relação de proximidade com os jovens, submetendo-se às perguntas que vão sendo recolhidas pelos apresentadores entre a plateia.

Seguem-se atuações de escolas no domínio da música e da dança.

Por fim, os representantes que participaram no jogo de palavras cruzadas dispõem de um minuto para fazer uma dissertação relacionada com uma das palavras do jogo. Resulta vencedora a equipa que melhor se sair nesta tarefa, avaliada por um júri.

Existem prémios para todos os participantes e para as respetivas escolas.

As gravações de Quadrados e Quadradinhos decorreram no Teatro Villaret.

O programa foi exibido aos domingos, ao fim da tarde.

Foram “convidados na berlinda”:

Carlos Pinhão
Joaquim Letria
Eng. Sousa Veloso
Óscar Beloto
José Cid
Artur Semedo
António Vitorino de Almeida
Noronha Feio
Herman José
Maria Elisa
Vasco Granja
Manuel Freire
Fernando Assis Pacheco
Armando Jorge
Mário Zambujal
Luís de Camões (interpretado por Canto e Castro)

Fernando Assis Pacheco, um dos convidados na berlinda

O tema de abertura era interpretado por Eugénia Melo e Castro, em conjunto com os Trovante.

No decorrer do programa, era também executada a Canção dos Quadradinhos.

Com João Gil (à esquerda) e Luís Represas (à direita)

A par disso, Eugénia Melo e Castro também interpretou algumas canções a solo, num espaço recreativo que era preenchido com atuações de vários artistas.

O programa tinha ainda uma banda residente, composta pelo maestro Jorge Machado, Luís Pedro Fonseca, Armindo Neves, Zé da Ponte e Fallé Alegria.

Jorge Machado

Partilhar:

Quadrados e Quadradinhos