Sim ou Sopas

Exibição:
25/05/1991 – 05/10/1991 (RTP 1)

Número de sessões:
20

Autoria:
António Reis

Apresentação:
Manuel Luís Goucha

Assistentes:
Sónia Aniceto
Tiago Antunes

Música original:
Fernando António Santos

Produção:
Fernando Santos

Realização:
Carlos Coelho da Silva

Realização técnica:
Telecine-Moro

Produzido para a RTP por:
T.G. Lda.

Sim ou Sopas é um concurso cujo tema dominante é a culinária. São seis jogos, em que participam três equipas de dois elementos: uma criança (com idade compreendida entre os 8 e os 12 anos), que é o chefe de equipa, e o seu acompanhante (idade superior a 18 anos).

Os jogos

Neste jogo, o concorrente e o seu acompanhante atiram, cada um, um prato ao longo de uma pista. No final desta, encontra-se um espaço com nove temas demarcados. O concorrente terá de responder a duas perguntas, uma delas sobre um dos temas decididos pela localização dos pratos. Caso tenha dificuldade na resposta, pode solicitar a ajuda do acompanhante, perdendo um ponto no caso de acertar.

Este é também o jogo do azeite, tema obrigatório da segunda pergunta.

O vencedor deste jogo recebe um estirador e um conjunto de canetas de feltro Molin.

Vestido a preceito, o concorrente tem dois minutos para, através de mímica, fazer o seu acompanhante adivinhar o nome de um prato. Ganha a equipa que cumprir o objetivo mais rapidamente.

Neste jogo, o vencedor leva para casa um walkman Sony.

A tarefa deste jogo varia de programa de programa e pode assumir as formas mais diversas, tais como:

– Apanhar, com a boca, bolachas mergulhadas em farinha.
– Pegar em pastilhas de chocolate com a ajuda de pauzinhos.
– Transferir sumo de umas garrafas para as outras.

O vencedor recebe um conjunto de jogos eletrónicos.

Nesta prova, os concorrentes têm dois minutos para ordenar as letras de 4 palavras e, no final, identificar a que nada tem a ver com as outras.

Quem terminar primeiro, ganha de prémio uma máquina fotográfica.

Este jogo tem o apoio dos iogurtes Danone. Funciona da seguinte forma: os acompanhantes atiram frutas com a ajuda de uma catapulta e os concorrentes têm de as apanhar com um mega copo de iogurte Danone. A sua tarefa é dificultada pelo uso de um par de sapatos ultra pesados.

O vencedor desta prova ganha um discman Sony.

O concorrente com menos pontos é eliminado.

Jogo disputado pelas duas equipas finalistas.

Os acompanhantes ouvem 10 sons diferentes e, através de gestos e ruídos, têm de fazer com que os concorrentes adivinhem do que se trata.

Quem acertar em mais sons, vence o concurso e ganha o primeiro prémio: um magnífico computador, bem como um conjunto de disquetes com livros em formato digital.

As equipas que ficarem em 2.º e 3.º lugar recebem uma bicicleta.

Todos os concorrentes recebem também o livro Receitas de comer e brincar, da autoria de Manuel Luís Goucha.

Em qualquer uma das provas, havendo empate, os concorrentes escolhem um cartão, que pode ser “sim” ou “sopas”, ganhando aquele que apanhar o “sim”.

Sim ou Sopas foi exibido aos sábados de manhã, no Canal Jovem, ocupando o espaço deixado pelo programa Lecas Mais Certo Que Sem Dúvida.

A apresentação esteve a cargo de Manuel Luís Goucha, um habitué dos programas de culinária para os mais jovens: tinha já apresentado Gostosuras e TravessurasSebastião Come Tudo e Sebastião na CEE.

Sim ou Sopas mantinha a temática e o público-alvo dos programas anteriores, mas foi a sua estreia como apresentador de concursos.

Manuel Luís Goucha

Manuel Luís Goucha apresentava o concurso com a ajuda de dois assistentes, a Sónia e o Tiago, ambos com 14 anos.

Tiago Antunes
Sónia Aniceto

No final de 1991, o apresentador estreou outro programa infantil dedicado à temática da culinária: Mais Olhos Que Barriga.

Um dos jogos apoiava uma campanha que decorria nesta altura para a promoção do consumo do azeite, em todos os países da CEE.

Partilhar:

Sim ou Sopas